O VALE

O Espaço de Residência Artística VALE ARVOREDO permite a convivência de criadores e praticantes das mais diversas áreas artísticas em tempo integral, com o objetivo de aprimoramento humano e artístico, aprofundando relações interpessoais e com o meio ambiente. É uma propriedade com quatorze hectares, dos quais cerca de dez correspondem à mata nativa intocada, incluindo cascata e arroio.

Por ato voluntário dos proprietários, existe o desejo de transformar estes dez hectares em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN, uma categoria de Unidade de Conservação particular criada em área privada, em caráter perpétuo, instituída pelo poder público.

Com o espírito de compartilhamento consciente e respeitoso da natureza, a propriedade é cedida para o desenvolvimento de projetos relacionados à cultura, educação e ecologia, realizando parcerias com Instituições Públicas, Organizações Não Governamentais e Empresas.

Em 2020 sentimos a necessidade de uma pausa para (re)ativar ações que dialoguem com os movimentos de regeneração do ambiente e da sociedade, em sintonia com os movimentos planetários. Em 2021 foi criada a Associação Espaço de Residência Artística Vale Arvoredo, entidade sem fins lucrativos, com o intuito de oficializar a congregação de artistas, ativistas ambientais, educadores, agroprodutores e administradores que têm caminhado juntos neste propósito. Dessa forma, a Associação constrói uma presença criativa e reflexiva que busca a redescoberta do significado que une a cultura ao cultivo, estimulando novos processos de operação do cotidiano.

ATIVIDADES

1. Residências artísticas, cursos, criações e intercâmbios
O Vale Arvoredo oferece em fluxo contínuo propostas de vivências nas variadas artes: dança, cinema, teatro, teatro de animação, música, literatura, etc. Se você busca um espaço para imersão artística, entre em contato conosco.
2. Turismo de Experiência
Vivências, alojamentos alternativos, locações para gravações e fotografias
3. Geração de energia sustentável
O Espaço Vale Arvoredo, em parceria com a empresa Energia Ecosocial está, desde maio de 2016, desenvolvendo um projeto pioneiro no estado do Rio Grande do Sul, gerando energia elétrica com a utilização da água do arroio que passa em meio à reserva, a qual é devolvida ao seu curso natural após passar por uma micro-turbina, sem qualquer contaminação, alagamentos ou barragens. A iniciativa suprirá toda a demanda de energia do espaço e pode ser considerada altamente sustentável.
4. Economia criativa
Oficinas e cursos de capacitação para produção de artesanatos, produtos locais, empreendedorismos; Criação da Rota das Artes; Difusão do mercado cultural. (Projeto em fase de captação, gerido pela Cia. Quatro Produções)
5. Geo-referenciamento e descrição de espécies nativas
Descrição da fauna e flora local, bem como reconhecimento dos limites da área e acidentes geográficos, com o intuito de registro como RPPN. (Projeto em fase de elaboração)
6. Plantio agroecológico e regenerativo
Planejamento e execução de horta biodinâmica, compostagem, pomar orgânico, implementação de agrofloresta e mapeamento de PANCs (plantas alimentícias não convencionais).
7. Projetos educacionais na área das artes, ecologia e ciências humanas e tecnológicas

Projetos em fase de elaboração.

COLABORADORES

Os colaboradores são pessoas físicas que trabalham voluntariamente ou prestam serviços para a realização dos projetos desenvolvidos e que simpatizam com a proposta. Essa categoria tem o intuito de formar redes colaborativas que percebam na economia criativa uma forma de engajar projetos autossustentáveis e gerar fontes de renda alternativas para o desenvolvimento de projetos culturais e ecológicos.

PARCEIROS

As parcerias são desenvolvidas por meio do apoio institucional ou prestação de serviços de pessoas jurídicas que tenham afinidades com a filosofia dos projetos. Essas parcerias são fundamentais para a viabilidade dos projetos, além de contribuírem com novas ideias e acrescentarem múltiplas inteligências nas suas concretizações. Os parceiros também podem realizar doações de serviços e materiais, mas o que mais os caracteriza é a vontade de permanência na proposta global do espaço.